Ladrões entram em condomínios como se fossem prestadores de serviços ou visitantes

0
20

Falhas nos protocolos de segurança são a ajuda mais preciosa para qualquer ato criminoso. E isso vale tanto para uma penitenciária quanto para um condomínio residencial.

Dois homens vestidos com o uniforme de uma companhia de energia se aproximam de um prédio em São Paulo e tocam o interfone. Dizem que vão fazer um serviço e pedem para entrar. O porteiro desconfia e não abre o portão. A dupla desiste. Em uma outra região da cidade, um jovem casal tenta passar pela portaria. Os dois insistem, mas também são barrados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui