Conselho abre processo sobre Eduardo Bolsonaro por deboche à tortura sofrida por Miriam Leitão

0
437

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados abriu nesta quarta-feira (4) um processo para apurar a conduta do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) no caso em que ele debochou da tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão durante a ditadura militar.

Em abril, a jornalista compartilhou um artigo em que classificou o presidente Jair Bolsonaro como um inimigo confesso da democracia. Miriam comentava declarações recentes de ataque de Bolsonaro às instituições democráticas.

Nas redes sociais, Eduardo Bolsonaro respondeu à publicação: “Ainda com pena da [e acrescentou um emoji de cobra]”.

Miriam Leitão foi presa e torturada pelo governo militar durante a ditadura. A jornalista estava grávida. Em uma das sessões de tortura foi deixada nua em uma sala escura com uma cobra.

Fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/2022/05/04/conselho-abre-processo-sobre-eduardo-bolsonaro-por-deboche-a-tortura-sofrida-por-miriam-leitao.ghtml

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui