Preso em motel, filho alega brigas como motivo para matar mãe com faca

0
248

Rio de Janeiro – Um jovem de 26 anos foi preso em um motel de Jardim Sulacap, na zona oeste do Rio de Janeiro, acusado de matar a própria mãe a facadas. Lucas Alan de Lucena Nascimento cometeu feminicídio contra Francisca Dilma de Lucena Nascimento, na madrugada de segunda-feira (7/3), em Senador Camará.

O motivo do crime seriam constantes brigas sobre sua vida profissional e amorosa do jovem. De acordo com seu depoimento, Francisca reclamava que mesmo formado em Administração, o filho trabalhava como operador de loja em um supermercado.

Ele também alegou que um antigo relacionamento do jovem com uma mulher transsexual era outro motivo de brigas com a mãe. Francisca, depois de descobrir a relação dos dois, teria passado a monitorar as saídas do filho.

Segundo ele, a mãe pedia que tirasse fotos das mulheres com quem estava se relacionando, para conferir se eram transsexuais.

Prima esfaqueada

Na madrugada de segunda-feira, por volta de 1h, ele pegou uma faca e ficou no sofá da sala até 4h30, quando decidiu ir ao quarto em que a mãe dormia. Lucas golpeou Francisca primeiro no pescoço, ela acordou e gritou pela prima que estava na casa.

Os ataques permaneceram até que a segunda ocupante da casa chegasse ao ambiente. A prima também acabou sendo esfaqueada. Lucas, então, entregou a faca para a prima e disse que buscaria ajuda, mas pegou uma carro de aplicativo até o motel.

O suspeito foi preso em flagrante, na tarde de terça-feira (8/3), enquanto tomava banho no estabelecimento. O rapaz responderá por feminicídio e tentativa de feminicídio. O caso é investigado pela

Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui