Barrados em lei sancionada por Bolsonaro, servidores da Câmara Municipal de Formosa ficarão sem aumento

1
522

Segundo bastidores da Política em FORMOSA, servidores da Câmara Municipal, estavam na expectativa de conseguirem aumento salarial nesse ano de 2021.

Porém, em conversa com o Líder de Governo na Câmara, Mundim, o mesmo foi redundante em dizer que, apesar de ter  um enorme carinho e respeito aos servidores de carreira e contratados daquela casa legislativa, como líder de governo e vereador,  seria uma irresponsabilidade parlamentar permitir que  os vereadores possam aprovar uma lei que, fere norma federal  e que trará sérias consequências jurídicas aos servidores.

O líder de governo disse ainda que aumentos aos servidores da Câmara esbarra em uma lei complementar federal sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro. A Lei Complementar 173, que garantiu socorro aos Estados e Municípios durante a pandemia, congelou salários de servidores federais, estaduais e municipais e vetou aumento de gastos de pessoal até dezembro de 2021.

O congelamento dos salários foi um movimento capitaneado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes e sancionado pelo presidente da República , para evitar que o dinheiro repassado ao combate à covid-19 se transformasse em aumento de salários em ano de eleições e de pandemia, quando milhões de trabalhadores da iniciativa privada perderam emprego e tiveram salários cortados.

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Ué, pra prefeitura teve aumento. Então o prefeito tá errado e os funcionários tem q devolver? Acho q n. Isso e pros funcionários da câmara ver q eles n valem nada p quem eles trabalham.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui