Militar surta, faz mulher refém, dá tiros e acaba morto na Asa Norte

0
648

m morador da Asa Norte que teria entrado em surto psicótico, feito a mulher refém e disparado tiros no Bloco D da 111 Norte, na noite dessa quarta-feira (13/05), acabou sendo morto, na madrugada desta quinta (14/05), pelo grupo tático do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Segundo o major da Polícia Militar do DF Lúcio Flávio, a equipe agiu em “legítima defesa”.

O homem era tenente da reserva da própria corporação. Ele tinha 69 anos e morava no imóvel com a mulher. Segundo vizinhos, ela é a síndica do prédio.

Ao menos quatro tiros teriam sido disparados dentro do apartamento, que fica no primeiro andar, na noite dessa quarta-feira (13/05). Não se sabe o motivo nem se a mulher estava no imóvel no momento.

Contudo, momentos após os tiros, ela foi vista do lado de fora do edifício, ao lado de policiais militares, que foram acionados para atender a ocorrência.

Depois de horas de tentativa de negociação, o homem acabou sendo morto por uma equipe de apoio. Havia suspeita de que o militar teria atentado contra a própria vida, mas esta informação foi desmentida pelas autoridades policiais na madrugada desta quinta-feira (14/05).

Segundo o delegado-chefe da 2ª DP (Asa Norte), Laércio Rossetto, o homem foi morto por militares do Bope, que reagiram aos disparos efetuados pelo militar da reserva.

“Havia o negociador no apartamento no momento dos disparos. Ele disse que não ia se entregar e disparou contra os militares do Bope e a guarnição que prestava apoio tive que reagir, o atingindo”, explicou o policial civil.

De acordo com o delegado, o militar portava duas armas, sendo um revólver e uma pistola. “O objetivo era resolver na negociação, mas em razão dessa conduta agressiva do autor, que disparou contra a equipe de negociadores, foi preciso revidar”, reforçou o major Lúcio Flávio.

No momento da confusão, moradores do prédio desceram, por orientação da PM, mas pouco depois retornaram às residências.

Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) prestou apoio à operação.

Fonte:https://www.metropoles.com/distrito-federal/seguranca-df/militar-da-reserva-surta-da-tiros-e-acaba-morto-em-predio-da-asa-norte

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui