Cabral pede desculpas a Bretas por ter ‘se exaltado’ em audiência

0
758

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral pediu desculpas ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal e responsável pela Operação Lava Jato no estado, durante audiência nesta terça-feira (8).

A última audiência, em outubro, foi marcada por tensão. Ao ser questionado sobre a compra de joias para lavar dinheiro, o ex-governador disse que Bretas devia entender do assunto porque a família do magistrado trabalha com bijuterias, o que foi interpretado como ameaça.

“Até me exaltei naquela situação, peço desculpas”, disse Cabral. “Está superado”, respondeu Bretas.

O ex-governador também negou que esteja financiando dossiês contra o juiz. A Polícia Federal investiga se, mesmo preso, Cabral estaria por trás de uma suposta montagem de dossiês que teriam Bretas como alvo.

“Não há nada meu contra o senhor, essa história de dossiê. Pode acreditar em mim, ainda mais preso. Jamais faria isso. Acredite em mim. Isso é um terrorismo praticado por alguém maldosamente”, disse Cabral.

“Se é que existe não está comigo”, respondeu o juiz. “Não espero que o senhor chegue aqui feliz da vida, o que não afasta o respeito que deve a mim. Em relação ao senhor partindo de mim e vice versa”, acrescentou Bretas.

“O senhor nunca faltou com respeito comigo”, respondeu Cabral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui